Escolha uma palavra e deixe o Umikizu falar sobre isso...

Ubuntu - Você sabe quem é? Vem conhecer...

 ~ Um antropólogo estava estudando os usos e costumes de uma tribo africana e, quando terminou seu trabalho, sugeriu uma brincadeira para as crianças: pôs um cesto muito bonito, cheio de doces embaixo de uma árvore e propôs às crianças uma corrida. Quem vencesse ganharia o bonito e delicioso presente.
As crianças se colocaram em linha e quando ele disse “já”, todas deram as mãos e saíram correndo em direção ao cesto. Dividiram os doces entre si muito felizes.
O antropólogo ficou surpreso com a atitude das crianças e elas lhe explicaram: “Como uma de nós poderia ficar feliz se todas as outras estivessem tristes?”
Ele, então, percebeu a essência daquele povo: não havia competição, mas sim colaboração. Mesmo depois de meses estudando aquela tribo, somente agora ele entendeu sua verdadeira essência. Ubuntu ~


Ubuntu é uma filosofia Africana que fornece uma compreensão do ser humano em relação com o mundo. Trata-se de ter um espírito de cuidado e comunidade, harmonia e hospitalidade, respeito e responsabilidade com os outros, e em uma tradução livre significa: “Sou quem sou, porque somos todos nós!”

Como uma política ética e ideológica, trata da relação e aliança dos países e também das relações das pessoas umas com as outras em igualdade.
Uma das definições para o termo foi feita pelo Arcebispo Desmond Mpilo Tutu que lutou contra o apartheid na África do Sul:
"Uma pessoa com Ubuntu está aberta e disponível aos outros, não-preocupada em julgar os outros como bons ou maus, e tem consciência de que faz parte de algo maior e que é tão diminuída quanto seus semelhantes que são diminuídos ou humilhados, torturados ou oprimidos"

É de imensa importância para um país que tem uma cultura tão forte, porém em contrapartida uma desigualdade social e ainda sofre tanto preconceito, ter uma filosofia de união e principalmente de colaboração entre seus habitantes. Entendo agora como eles conseguem sobreviver e passar por todas as dificuldades sem perder as esperanças de dias melhores. Uma lição de humanidade e humildade.
Ao invés de disputar uma posição, uma conquista ou uma ajuda, eles compartilham as bençãos que recebem, e portanto também compartilham as dores e os problemas, tornando-os menores.

Uma nova cultura para mim, apesar de viver o Ubuntu no dia a dia, não conhecia o termo, nem a sua história. E Ubuntu não é só uma palavra mas um conjunto de aspectos de um povo: respeito, partilha, comunhão, empatia, humildade, carinho, confiança, altruísmo, entre tantos outros.
Como o ano ainda está começando, e também ontem (30 de janeiro) também foi o Ano Novo Chinês, eu acredito que conhecer Ubuntu e colocá-lo em prática pode fazer desse 2014 um excelente ano para todos.

"Ubuntu não significa que a pessoa não se preocupe com o seu progresso pessoal. A questão é: o meu progresso pessoal está a serviço do progresso da minha comunidade?
Essas são coisas importantes na vida, e se alguém pode fazer isso, teremos feito algo muito importante e admirável."
~ Nelson Mandela

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Comente. Há um mar de pensamentos e você pode pescar um peixe que ninguém mais conhece. Assim são as palavras no mar do Umikizu!