Escolha uma palavra e deixe o Umikizu falar sobre isso...

Das possibilidades de amar...

É possível?
Chegando em casa, deixo as chaves do carro na estante, tomo um copo de água e caio pesadamente no colchão. Mãos na cabeça e a luz do Sol ardendo nos olhos. Por todo o caminho eu ainda podia sentir sua presença no carro, que me fazia tanta falta, por quê eu não te levei pra qualquer outro lugar junto comigo? Sua falta é uma companhia muito desagradável, silenciosa e fria. Minha mente queima mais que meus olhos, então fico ali, estatelado sem nenhuma vontade de me mexer.

Eu sabia que era uma má ideia me envolver, nós dois estamos machucados, mas você bem mais. Pessoas machucadas não percebem o quanto podem machucar os outros, e eu não quero mais me machucar pelo sentimento que tenho. Muito menos, quero machucar ninguém. Ironicamente, se nos afastarmos agora, os dois já sairão muito machucados. É triste, que dilema lazarento, que me perturba já há algum tempo.

Se estivéssemos em condições menos críticas, ou se estivéssemos bem, poderíamos ter alguma coisa juntos? Somos tão diferentes e ao mesmo tempo tão compatíveis, o papo rola solto, e como sempre se eu pudesse me perderia no tempo de te ouvir infinitamente, pois o simples fato de estar próximo de ti já me deixa feliz. Essa é a ponta do iceberg, aquela que assusta quando vemos fora da água e que afunda os navios porque há muito mais lá dentro de um mar de emoções.

Sei bem que sou uma boa pessoa para você e estou disposto a tentar, mas não posso dizer o mesmo de você. Não me decepcionou em nenhum momento e pelo seu comportamento não acredito que isso possa acontecer com facilidade. Eu já pensei isso antes de alguém. Eu estava errado. Dizer que você é diferente é muito mais que cliché, é ridículo! Todos são diferentes, porém ninguém se mostrou disposto a deixar isso mais claro e real.

Talvez dessa vez, pela primeira vez, eu tenha sorte. Aquela sorte de um amor tranquilo, regado de bom papo, uma boa relação com respeito e carinho. Talvez dessa vez você fique do meu lado, para variar. Talvez dessa vez, pela sua própria vontade, haja um final feliz. Eu não sei, e mesmo acreditando sempre que sim, pode ser que dessa vez torne-se um bom começo...

Um comentário :

Comente. Há um mar de pensamentos e você pode pescar um peixe que ninguém mais conhece. Assim são as palavras no mar do Umikizu!