Escolha uma palavra e deixe o Umikizu falar sobre isso...

Pela saúde! Boa sorte...

Bom dia!!!
Nesta segunda-feira acordei às 6:00 com uma baita dor de ouvido.
E daí? Eu sorri e fui pro posto de saúde.
Fui à pé, o sol ainda não havia nascido e estava muito frio.
E daí? Eu sorri e caminhei confiante.
Cheguei lá e não havia nenhum médico de plantão, só chegariam às 7:30.
E daí, eu chorei um pouco de dor na espera... mais de uma hora. Mas depois eu sorri, pois assim que ele chegasse estaria livre desse problema.
7:40 e nada de médico. A recepcionista me avisa que pode ser que não venha ninguém, e se vier que vai atender devagar pois não recebiam desde abril.
Daí eu não pude mais sorrir. Havia muitas pessoas lá precisando de um médico. Havia crianças doentes. E os médicos precisando de seus salários. Daí eu chorei.
Chorei de dor, chorei de desgosto, chorei pela minha cidade e pelas outras pessoas que também precisam de tratamento, mas chorei especialmente porque não havia nada que pudéssemos fazer.

A população não tem como fazer greve, e deixar numa faixa: só voltaremos a ser povo quando nossas necessidades forem atendidas!! Não existe nada abaixo da população na pirâmide da existência. E mesmo que houvesse algo abaixo, também estaria de greve.
É triste, mas a greve da população é contra a própria população, e não torna ninguém patrão. Ou a gente se ferra trabalhando, ou fica na mão quando o outro não trabalha, e por mais que eu entenda a situação, medicina não é só profissão, mas quem não sabe disso não são os médicos, são os donos da nação.

Ai ai!
Boa semana. E boa sorte!

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Comente. Há um mar de pensamentos e você pode pescar um peixe que ninguém mais conhece. Assim são as palavras no mar do Umikizu!