Escolha uma palavra e deixe o Umikizu falar sobre isso...

O medo da "elite"...

Assusta quando as coisas saem do seu controle. Assusta quando vivemos numa situação ruim, mas confortável, e temos que nos mexer para que os pratos não desequilibrem, as vezes temos que fazer sacrifícios e deixar de lado o que mais gostamos ou que nos da muito prazer para que o que é essencial não falte. Bem vindo ao caminho das mudanças. Bem vindo à realidade do nosso país.

Esse ano de 2015 foi uma forma de nos preparar para as mudanças que virão em 2016, tanto aqui no Brasil como no mundo todo. Vamos ser obrigados a pensar no essencial e desfazer nossos laços com o consumismo, com os abusos e com as corrupções do "jeitinho brasileiro" se quisermos passar por essa "marola" sem ser afetados novamente, porque sim, é possível que não sejamos realmente afetados por essa "crise". Cabe a cada um encontrar sua maneira de manter os pratos girando.

Agora estamos sendo obrigados a pensar e planejar e também a fazer as escolhas de acordo com uma situação caótica, que nos direciona a correr menos riscos, impulsiona o pensamento para destinos menos nefastos. Não há ninguém tão melhor que a gente, então é cada um por si. Eu tenho que me virar por meus próprios meios para sobreviver. Você deve ter visto as pessoas ao seu redor menos preocupadas com a vida dos outros, porque finalmente elas tem que prestar atenção na própria situação. Agora cada um terá seus próprios problemas para cuidar, e assim será por um bom tempo. Pelo menos até nos acostumarmos com a crise e encontrarmos o ponto de conforto mais uma vez. Afinal de contas, somos uma raça que se conforma e se adapta muito facilmente, mesmo em situações de risco.

Por isso eu te aviso, se você se conformar agora, vai ser cutucado de novo por uma crise crescente e vai sofrer sozinho. Mantenha-se em movimento, lutando pelo seu espaço e por seus objetivos antes de ser incomodado por mais problemas. Mantenha sua mente ativa, sua vida sob controle e esqueça um pouco da vida dos outros, eles estão aptos a cuidar de suas próprias vidas. Mas nunca negue ajuda para quem pedir à sua porta. Amanhã você também vai precisar de ajuda e isso vai definir a nossa nova sociedade, unida e colaborativa, menos individualista e mais feliz.

Livro "Tom and Jerry" (1821) por George Cruiksh

2 comentários :

  1. Acabo de ler palavras que, sem dúvidas, expressam a mais pura e triste realidade atual. Modéstia à parte, sou um jovem que adora formar opiniões e que aqui me deparei com uma ideia muito semelhante às minhas, essa de que o Brasil é um país regresso, que não consegue evoluir, não se enquadra mais no contexto em que vuvemos hoje. Assim como eu, existem outros jovens preocupados com o futuro e que, juntos formarão uma nova e revolucionária geração de pensadores guiados pela razão, pautados pela justiça e igualdade.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Valdir, muito bom saber que você gosta de formar opinião e que tem contato com outros jovens que querem revolucionar através da razão e da justiça. Mas em todo discurso de revolução há um pouco de imposição, no seu há e isso é normal na juventude.
      Pense com seus amigos como GUIAR as pessoas para esse mundo mais justo, não imponha um caminho que você acredita ser o melhor. Ou você vai manter o ciclo.

      Outra coisa importante, o Brasil não é um país regresso, a nossa cultura é diferente e a população se acostuma muito com sua situação e se acomoda, mas a atual situação não vai permitir mais que isso aconteça e teremos que tomar responsabilidade sobre o nosso futuro.
      Os jovens estão nos ensinando isso e o nosso futuro será bem mais crítico e questionador que nós fomos.

      Excluir

Comente. Há um mar de pensamentos e você pode pescar um peixe que ninguém mais conhece. Assim são as palavras no mar do Umikizu!